Especial LONDRES 2010 - 2ª Parte

Esta é a continuação do Especial LONDRES 2010. Se quiseres ver a 1ª parte deste especial, clica aqui.

 

Atenção: Durante o Especial, vou colocar algumas fotos tiradas por mim, e outras retiradas da Internet. TODAS as fotos tiradas por mim têm o símbolo do metro de londres (o conhecido underground), com a inscrição "MPF em Londres", e o link do Blog. Todas as restantes que não tiverem o símbolo são retiradas da internet. Clica nas imagens para aumentar.

 

 

Dia 3 - 8 de Abril - Render da Guarda

 

 

Para começar este dia com céu azul e limpo (o que é raro em Londres), fomos até ao Buckingham Palace ver o famoso Render da Guarda, mas, até chegar ao destino, passamos por Trafalgar Square.

 

Mas, o Render da Guarda foi muito giro, desde a música, até às 'fatiotas' dos guardas (os famosos chapéus gigantes). Estava imensa gente, pois esta cerimónia é uma das principais atracções turísticas de Londres, mas não deixou de ser espectacular. Conselho: informe-se antes do horário do Render da Guarda, pois facilita imenso.

A seguir, fomos dar uma volta pelo St. James Park, que parece um verdadeiro cenario de contos de fadas - e como o tempo ajudou, ainda tornou

este parque mais encantado. Se queres ver uma foto do St. James Park, clica aqui.

 

 

Depois do render da guarda, fomos ver (por fora, claro!), o nº 10 de Downing Street, a famosa residência do Primeiro Ministro Britânico. Com os problemas políticos que a Ingleterra atravessava, a segurança estava apertadíssima.

 

Fomos até Marble Arch, que é mesmo pertinho de Oxford Street, pois queríamos conhecer o Hyde Park e fazer umas comprinhas, claro!

 

Passamos pelos grandes armazéns Selfridges, que são do género do Harrods.

 

Deixo aqui 4 fotos, que, a primeira (de cima, na esquerda) é uma montra do Selfridges, a segunda (da cima, na direita), é o stand da Dior também no Selfridges, a terceira (de baixo, na esquerda) é o Hyde Park, onde montes de gente estava a almoçar as famosas sandes rápidas, muito populares em Londres, e a última foto (de baixo, na direita), mostra o Speaker's Corner, que, segundo a tradição, iam para lá pessoas falar e dizer mal sobre o que lhes apetesse, menos da Rainha! Não vi lá ninguém a fazer isso, mas no Guia American Express falava que isso só acontecia aos Domingos, e eu fui lá a uma Quinta.

 

A seguir, fomos fazer umas comprinhas à Primark, e comprei uns Oxford Shoes, umas sapatilhas vermelhas (vintage, tal como o meu estilo), uma imitação barata da 2.55 da Chanel, uns óculos de sol (muito vintage, também), e uma blusa branca. Posso dizer qe a minha compra mais cara foi a carteira, que custou 8£! A Primark, para quem é do Porto (como eu) só existe em Rio Tinto, no centro comercial Parque Nascente. A Primark vale, sem dúvida, a pena. Só que, em Londres a Primark é um edifício independente com dois pisos! Por isso, e como os rapazes do grupo estavam a ficar impacientes e só tínhamos uma mala cada um), as nossas compras ficaram por ali.

 

 

 

Seguimos para o British Museum, que é gigante, e que merecia um dia só para ser visto! Lá tem, basicamente, o que aparece nos livros de História. Desde a pré-História até ao séc. XIX, lá tem tudo!

Penso que vale realmente a pena, mas não se dêm ao trabalho de tirar fotografias, pois é taaanta coisa e as fotos ficam com má qualidade. Se estiverem realmente interessadas, comprem os livros que sintetizam e têm imensas fotos profissionais dos objectos de principal interesse do museu.

 

 

E o melhor deste dia foi a noite. Ir a Londres e não ir ver um musical é "como ir a Roma e nao ver o Papa!" Fomos ver o Fantasma da Ópera (foi-me

aconselhado por uma pessoa que é ligada ao mundo das artes do espectáculo) e foi um investimento (cada bilhete, dos mais fracos - os nossos - custavam 48£ cada) compensado pela qualidade do espectáculo. O teatro é que não era dos melhores, pois era antigo e estava arquitectónicamente mal feito. Conselho: Os espectáculos em Londres começam às 19:30h , por isso, comam apenas uma sande antes, e depois bebam um grande copo leite no Starbucks ;)

 

E, por acaso, esta semana (dia 22), a revista Visão traz o CD das músicas do Fantasma da Ópera, gratuitamente. As músicas são muito boas, e, como é óbvio, vou comprar a Visão!

 

 

Dia 4 - 9 de Abril - Princess Diana Memorial Fountain

 

 

 

Começamos o dia visitando o Hyde Park, para ver a famosa estátua do Peter Pan, muito engraçada, mas nada de especial, na

minha opinião.

 

Continuamos o maravilhoso passeio por um dos meus sítios favoritos em Londres, o Hyde Park, até ao memorial da Princesa Diana, que foi, sem dúvida, um monumento que me tocou. É um pouco difícil de descrever como aqui lo é, pois é daquelas coisas que só se pode perceber como é vendo. É uma fonte com a forma de um 'D', a correr de várias formas em diferentes pontos da fonte. Para ajudar, vou deixar a foto.

 

 

Passamos um bom tempo na fonte (pode-se molhar os pés etc.) , pois o dia estava muito agradável e fomos até ao Natural History Museum, que, como em geral, todos os museus de Londres mereciam um dia só para serem vistos. O museu era muito interessante, em especial para amantes de dinossauros, e Biologia, mas estava tanta gente, tanta gente! Penso que é um pouco por causa dos museus em Inglaterra serem gratuitos, mas também por ser numa semana que apanhava as férias escolares.

 

Fomos almoçar a um restaurante só de comida orgânica muito agradável, que, adorei (:

 

Na parte da tarde, fomos ao Science Museum, que foi o que mais gostei, de todos. Falava de Astronomia ("como viver no espaço". por exemplo),

História da Medicina, e era um museu muito interactivo.

 

Gostei muito também muito da parte da aviação, que tinha desde os primeiras aeronaves até ao futuro dos aviões.

 

 

Depois desta dose dupla de museus, fomos até ao famosíssimo armazém Harrods. A parte mais interessante foi a que toquei nuns Louboutin. Infelizmente, só toquei :p Só tenho uma imagem do interior do Harrods, pois os guardas estavam a olhar para mim com uma cara que metia respeito, por isso, achei melhor guardar a cmâra para depois... Gostei de passar pelas lojas Óscar de La Renta , Chanel, Prada... muito bonito, mas não para os bolsos da maioria de nós. Na minha opinião, aquilo tinha mais turistas do que propriamente pessoas interessadas em comprar.

 

 

 

E, para completar mais um dia fantástico, fomos andar na London Eye! Fomos a uma hora óptima, pois estava a anoitecer e tornou este "passeio" ainda mais especial!

 

Aconselho a todos a irem no final da tarde, pois o efeito de Londres com o crepúsculo é divino!

 

 

Dia 5 - 10 de Abril - Last Day

 

E, parece que foi muito rápido, pois é, mas já era o último dia.

De manhã, fomos à City (centro económico) de Londres, onde existem os maiores arranha-céus, e, para meu espanto, lojas de luxo, como, por exemplo, a Louis Vuitton, Gucci, Chanel ... (Por falar em Louis Vuitton, alguém sabe onde posso arranjar uma imitação de uma Speedy 30, barata? Ando desesperadamente à procura de uma. Se souberes , deixa o teu comentário ;) )

Continuando... vimos o Banco de Inglaterra, e seguimos para o Barbican Centre (centro de artes), que é o maior da Europa e, realmente, é muito agradável. E, ao lado, são as escolas de artes de Londres. Sem dúvida, um sítio fantástico para construir uma escola. FOmos ver uma esposição muito interessante que consistia em fazer música com pequenos pássaros, ou seja, como mostra na imagem da direita, os pássaros andavam a voar livremnte e quando pousavam nas guitarras ou nos pratos (de batéria) produziam som.

 

Á tarde, fomos a PortoBello Market, que ficou conhecido por ser um dos cenários do filme Notting Hill. O mercado é fantástico, e é todo na rua. O que predominam são antiguidades (muita tralha, também), mas encontram-se umas peças bem giras e muito vintage, que eu adorei!

As ruas tinhas imensa agitação, música, artistas de rua...

Para terminar este último dia, voltamos a Oxford Street, para terminar as nossas comprinhas ;)

 

 

Dia 6 - 11 de Abril - Home, Sweet Home

 

Com muita pena de todos nós, o dia de voltar para Portugal chegava. Uma vez mais, a viagem foi agradável e passou rápidamente, apesar de virmos quase todos a dormir, pois o nosso voo foi muito cedo. Conselho: da ida do vosso hotel (em Londres) até ao Aeroporto, optem por ir de táxi (previamente alugado), pois é mais fácil do que ir num autocarro, em que o ponto de encontro não é noa porta do hotel.

 

E assim acaba o Especial LONDRES 2010, espero que tenham gostado :)

 

tags: ,
crated by misspiafashion às 08:18
link do post | comentar | favorito